Project Tags: litoral norte

Projetos ICC - Turismo Ecológico

Desenvolvimento de Turismo Ecológico

O ICC – Instituto de Conservação Costeira, na qualidade de gestor da Área de Proteção Ambiental APA Baleia Sahy, promove o desenvolvimento sustentável por meio de parcerias com os principais atores e membros das comunidades locais como, por exemplo, os barqueiros que oferecem passeios no Rio Sahy e arredores.

Entre os objetivos do ICC, estão:

  • Restaurar a qualidade da água e da vida no Rio Sahy e Negro, hoje poluído;
  • Criar navegação pelo Rio Sahy até o encontro com o Rio Negro, com turismo sustentável a ser realizado pelos pescadores locais e barqueiros, criando uma segundo fonte de renda;
  • Criação de uma sede com logística para visitação, passeios, pesquisas, palestras, exposição de artesanatos locais, criando uma fonte de renda adicionais a comunidades tradicionais que ali vivem;
  • Formação de monitores ambientais, formando jovens das comunidades vizinhas, para serem guias turísticos da APA, e conscientizadores estratégicos das comunidades;
  • Criação de Trilhas ecológicas, com sinalização, pontos de observação de aves, na parte terrestre, possibilitando visitação e indução ao ecoturismo.

Os barqueiros são pescadores locais e foram capacitados para atuarem como guias turísticos, possibilitando que os visitantes conheçam um pouco mais da exuberante natureza local, representada pela ocorrência de diversas espécies de aves aquáticas, entre outras belezas naturais.

Os passeios devem ser pré-agendados com antecedência, pois como tudo que envolve a natureza, depende do clima, da maré, bem como de disponibilidade de agenda dos condutores locais, cujos nomes e números dos celulares seguem abaixo:

Kati – (12) 99630 -3162

Haroldo – (12) 99715 -1477

Leandro – (12) 99740 -5272

Aproveite o passeio em meio ao nosso paraíso!

Leia mais
Instituto Conservação Costeira - APA Baleia Sahy

Co-gestão de Unidade de Conservação Municipal

Por meio de um termo de Parceria com a Prefeitura Municipal de São Sebastião, o ICC exerce a co-gestão da Unidade de Conservação Municipal APA Baleia Sahy sem gastos ao erário público isso permite ao ICC:

1. Coordenar o monitoramento preventivo da área, com finalidade de manutenção do “status quo”, mantendo a qualidade de vida ambiental e da comunidade em geral;

2. Elaboração do Plano de Gestão da APA, com a colaboração da SEMAM e do Conselho Gestor da APA;

3. Realização e encaminhamento de denúncias de despejo de esgoto, supressão de vegetação, invasões, coleta de produtos florestais e espécies de fauna, registrando as denúncias e encaminhando formalmente ao Gestor da UC\Presidente do Conselho Gestor e aos órgãos competentes;

4. Buscar e firmar parcerias com Institutos de Pesquisas para desenvolvimento de pesquisas científicas na área da APA, com constante registro de ocorrência de fauna para posteriores pesquisa científica;

5. Capacitação e treinamento da comunidade local, escolas municipais, estaduais e ou particulares, corpo docente, corpo discente, associações de bairro e de classes;

6. Apoio ao programa municipal de ecoturismo, buscando Insitutições de Ensino e pesquisas, aptas a incrementar o ecoturismo na região da APA;

7. Elaborar programa de eventos educacionais/esportivos e culturais em conjunto com as respectivas Secretarias Municipais, e Instituições Público e Privadas;

8. Estabelecimento de ações conjuntas com os órgãos Estaduais, Municipais e Federais visando maior proteção e melhor gestão da APA;

9. Estabelecimento de ações conjuntas com associações de classe, associações de moradores e empresas e ou autarquias visando maior proteção e melhor gestão da APA;

10. Apoio aos procedimentos para criação e implantação de infraestrutura para a sede e gestão da APA;

11. Coordenar, supervisionar e apoiar tecnicamente a implementação das ações propostas no Plano de Gestão;

12. Proceder à captação e administração dos recursos para a elaboração destes projetos.

Co-gestão da APA Baleia / Sahy

Oficina de Impactos Cumulativos no Litoral Norte - ICC

O ICC tem investido em ações que visam integrar a comunidade da Vila Sahy, (uma grande comunidade existente próxima a APA, caracterizada como Zona Especial de Interesse Social), em suas ações, educando, orientando, participando, ouvindo, diagnosticando as necessidades da comunidade, a falta de esgotamento sanitário, as fontes de poluição, acreditando que este movimento e após a implementação do plano de gestão, a comunidade ajudará no controle das invasões, e na proteção da área.

Uma de suas estratégias do ICC para cumprir tal missão é a qualificação de pessoas e grupos estratégicos com capacidade de intervir em processos que contribuam para a construção de uma sociedade mais democrática.

Nesse sentido, o papel do ICC é voltado para o fortalecimento da gestão participativa em uma Unidade de Conservação, como a APA Baleia Sahy. Nosso objetivo é criar as condições necessárias que facilitem a interlocução entre os diferentes atores envolvidos, e com isto proteger e explorar a área turisticamente, de forma que a comunidade possa se auto-sustentar da APA.

Segundo a presidente do ICC, Fernanda Carbonelli: “ a comunidade tem que participar deste processo, a palavra participação diz respeito a “tomar parte”. Infelizmente, este processo não é espontâneo e sim aprendido e conquistado, é onde entramos”. Somos o elo entre a comunidade, associações de bairro, especialistas, técnicos ambientais e o poder publico”.

O êxito desta missão, somente foi possível, graças a um grupo de veranistas da Praia da Baleia, que custearam todos os estudos e atividades no local e graças a parceria com o Poder Público, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

Para o Secretário do Meio Ambiente, Eduardo Hipólito Rego: “a área merecia uma atenção especial, é um verdadeiro zoológico a céu aberto, e a APA e esta gestão compartilhada permite esta conservação, de forma participativa” Acredita Eduardo que este modelo de gestão compartilhada é uma forma democrática e dinâmica de conservar uma Unidade de Conservação”.

O ICC já esta trabalhando para identificar a necessidade da comunidade, e capacitá-la para se apoderar desta Unidade de Conservação, sobretudo daqueles em condições de maior vulnerabilidade socioambiental e que não têm acesso aos mecanismos tradicionais de representação política.

Já foram realizados, inúmeros “debates” com a comunidade, em foruns de moradores e entidades de classe, estão sendo realizadas oficinas de capacitação de educadores da região, para inserir a APA, para visitação de escolas públicas e privadas, operações caça-esgoto, termos de parceria com a SABESP, monitoramento aéreo e terrestre, formalização de denúncias, cobranças dos órgãos responsáveis, estudos secundários dos meios bióticos, sociais e físicos, vistorias com Prefeitura, Polícia Ambiental e demais órgãos, enfim, um gama de ações exercidas diariamente para o sonho da gestão compartilhada se tornar uma realidade.

Não somos expectadores, somos agentes participantes envolvidos em mudar o cenário do Litoral Norte, em especial na Praia da Baleia e Barra do Sahy, melhorando a qualidade de vida, gerando capacitação, trabalho e renda, conscientizando crianças, adolescentes e jovens e valorizando a cultura caiçara, aliando tudo isso a sustentabilidade e preservação ambiental da área.

Leia mais